top of page

A pior prisão é a do seu cérebro


Enquanto aguardo dar o horário de uma cirurgia escrevo estas linhas, e provavelmente quando você estiver lendo estarei sonolenta, ou na recuperação, ou ainda, seguindo minha vida normalmente.


Acho fascinante nossa mente e seu poder de criação, e mais que isso, o quanto esta criação é real, nossa mente aceita tudo, não importa o que queremos criar, e ao colocar o sentimento, acreditar com o coração se torna real.


Há uns 4 anos atrás fiz um exame de sangue e o CA125 fator tumoral estava altíssimo, ao pesquisar no bom e velho dr Google li que poderia ser câncer ou endometriose, e minha mente que mente, ao simples fato de ler câncer acionou todos os mecanismos de defesa e eu já comecei a chorar.


Neste período pedia ajuda a minha amiga que trabalha com um médico espiritual em nossos trabalhos voluntários para ver com ele se era o tal do câncer. e não era, enquanto ela se conectava, eu continuava a pesquisar e vi que poderia ser endometriose, acalmando meu coração, e após a confirmação fiquei mais leve e deixei de lado.


Tudo errado eu sei.


Depois de um ano realizei meus exames ginecológicos, a mulher precisa deste autocuidado anualmente, no meu caso, deixei a desejar em vários momentos, e assim, hoje aguardo para o Gervásio nascer.


Calma Gervásio não é meu filho, é o nome que dei a um tumor que criei por querer controlar, por querer que as coisas fossem do meu jeito, e por não ter me cuidado, mesmo sabendo da importância e sendo avisada pelo plano espiritual.


Esse tumor é devido a uma endometriose e um endometrioma, algo silencioso no meu caso.


Como disse acima, há 3 anos realizei os exames ginecológicos e não busquei os resultados ou retornei ao médico, retornando apenas no ano seguinte refazendo todos os exames.


Enquanto eu fazia o ultrassom transvaginal a médica me revirava, pois, fiz no mesmo laboratório e no exame anterior acusou uma massa de 11 cm, e ela procurava e não achava, até hoje não sei onde está massa foi parar, só sei que ao levar ambos os exames a médica, ela me disse que poderia ser gases, mais tarde descobri que não eram gases, que um médico experiente sabe ver as imagens e que as imagens de uma massa e de gases são diferentes.


Eu observei que meu corpo estava estranho, modificando, que sentia muito sono, mas achei que não era nada e segui a vida.


Procurei uma endocrinologista pois não emagrecia, e ela na hora que entrei me disse que eu estava anêmica, receitou a reposição de ferro na veia, afffffeeeee, não gostei, rs, e também procurar o ginecologista para colocar DIU.


Assim o fiz, procurei outra ginecologista que ao ouvir que minha menstruação era muito intensa pediu exames e disse que o DIU ajudaria no processo. Marquei e fiz a ressonância magnética mas de novo não busquei o resultado ou retornei. Como a médica saiu de licença maternidade, procurei por outro para colocar o DIU, este nem perguntou sobre o resultado do exame, e marcou para colocarmos.


Com o DIU colocado não sentia mais tantas cólicas, não perdia muito sangue, e ganhei qualidade de vida. Achei que seria isso e estava ótimo, até marcar uma nova endocrinologista para ver toda a parte hormonal.


Médica antiga das boas, a primeira coisa que fez após a anamnese (questionamento sobre o paciente) foi me encaminhar para a maca para o exame de palpação, e ao apalpar a minha barriga percebeu uma massa e nem seguimos, pediu para fazer um ultrasson transvaginal e levar para o ginecologista com urgência, que era sério, e assim o fiz.


A ginecologista solicitou todos os exames e no retorno me encaminhou para o cirurgião. Até aqui tudo muito tranquilo, o resultado deu endometriose, e eu achando que estava tudo ok, não sentia muitas dores ou incômodos, com o DIU tudo melhorou e é isso né? Não, ao chegar no cirurgião resolvi perguntar o que era a endometriose naquelas imagens, que não sei vocês mas eu não entendo nada.


Ele me mostrou o útero e o Gervásio dizendo que ele teria o tamanho de 5x o tamanho do útero, vindo a confirmar no relatório escrito, mais ou menos um peso de um bebê, por isso, Gervásio. Ali naquela consulta ele disse a palavra tumor, mas por algum motivo achei que não tinha entendido direito.


Fui encaminhada para os exames cardiológicos e no retorno com tudo certo marcamos a cirurgia e novamente ele falou em tumor, sim, a endometriose e o endometrioma são conhecidos como tumores, mas não são um câncer, porém se não cuidar pode virar.


Minha mente quis me trair nesse processo por várias vezes, e acredito que traiu, pois eu quis ficar sozinha, mais quieta, mas na minha sabe? Talvez pelo esclarecimento que tenho de como posso piorar um quadro com meus pensamentos e sentimentos eu consiga controlar, ou melhor trabalhar isso em mim, e claro tinha algo mais forte que é a confiança, e eu confio muito no plano espiritual, além de passarmos pelo que precisamos para nosso aprendizado.


Quando vamos para uma cirurgia, por menor que seja, sabemos que tem a anestesia e que tem riscos, todas cirurgias tem riscos, mas o que não tem riscos na vida não é verdade? Basta estar vivo, rs.


Em alguns momentos me peguei pensando sobre tudo, afinal, não posso negar foi um baque ouvir tumor, minhas crenças crescem com esta palavra, porém mais forte que isso sou eu e meu ser, e quando meu cérebro queria me trair e me prender as crenças, trabalhava o que sempre falo a todos os meus pacientes, veio pensamento negativo troca por um positivo, não está conseguindo? Faça uma oração, um mantra, enfim, algo que eleve a sua vibração.


Nós escolhemos que pensamentos e sentimentos irão liderar nossa vida, nossas experiências estão guardadas e a disposição como um banco de dados para que nosso inconsciente acesse, e nossas crenças o alimenta com aquelas que são as mais seguras em seu entendimento, agora a vida é nosso, e escolhemos o que queremos criar.


Se é para ficar preso a nossa mente, que seja uma mente positiva e criativa que nos leve ao nosso melhor sempre.


O que você escolhe hoje?


Luz ou sombras? Saúde ou doença? Alegria ou Tristeza? Vitória Fracasso? Amor ou Ódio?


Eu escolho sempre a positividade e todas as emoções positivas, a negativa vem sim, e as vezes deixo elas a frente, mas rapidamente utilizo a chama violeta transmutando em luz e amor.


Eu escolho a Vida!


Namastê!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page